Cuidados Nutricionais na Gravidez

Nutricionista Ceres Matos

Muitas gestantes têm dúvida sobre o que colocar no prato. Durante o período gestacional, os cuidados com a alimentação são de extrema importância. O estado nutricional adequado e o consumo alimentar adequado, contribuem para uma gestação saudável, o que é fundamental tanto para a mãe quanto para o bebê. A verdade é que a alimentação correta da gestante garante uma gravidez tranquila e a saúde do bebê. A entrevistada é a nutricionista Ceres Mattos que nos dará algumas dicas sobre este assunto. Confira!!!

1) Por que é importante que gestantes façam acompanhamento nutricional?

O acompanhamento nutricional é importante para que a gestante possa controlar o ganho de peso durante esse período. Gestantes que iniciam a gravidez com peso normal devem ganhar, em média, de 9 a 12 kg. Aumentos excessivos podem trazer complicações, como o diabetes gestacional e hipertensão, a qual pode levar à pré-eclâmpsia e complicações no momento do parto. Além disso, estudos demonstram que bebês que nascem acima do peso podem vir a se tornar adultos obesos e adquirir doenças crônicas, como o diabetes. Por outro lado, o ganho de peso insuficiente pode acarretar no nascimento de bebês de baixo peso e mais frágeis, pouco resistentes à infecções. O acompanhamento nutricional também é importante para que a gestante possa tirar dúvidas a respeito da melhor alimentação durante esse período e suas principais dificuldades, além de ser orientada sobre a forma correta de amamentar seu bebê.

2) Quais alimentos a gestante não deve usar?

A grávida deve evitar adoçantes que contenham fenilalanina, sal em excesso (que pode aumentar a retenção hídrica, comum nessa fase), doces em excesso, café, chá verde, e refrigerantes (a cafeína aumenta a sensação de queimação e, ambos últimos, aumentam a excreção de cálcio), álcool, queijo Minas frescal (muitas vezes, pode haver contaminação por Listeria Monocytogenes) e alimentos muito condimentados e gordurosos.

3) Quais são os nutrientes mais importantes na gestação?

Uma dieta balanceada deve conter todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento do bebê e a manutenção da saúde da mãe. Entretanto, alguns nutrientes devem receber atenção especial, como o cálcio (presente em leites e derivados), o ferro (cuja maior fonte são as carnes) e o folato (vegetais verde-escuros).

4) De que forma a alimentação da mãe influencia na saúde do bebê?

Os nutrientes adquiridos pela mãe por meio da alimentação passam para o bebê, contribuindo para seu crescimento e desenvolvimento. Assim, mães que não têm uma alimentação adequada possuem um maior risco de darem à luz bebês que necessitarão de maiores cuidados, principalmente nos primeiros meses de vida. Por isso, cuide de sua alimentação.

A Nutrício possui programas nutricionais específicos para a alimentação complementar do bebê. Trabalhamos também com o planejamento de refeições e criação de cardápios familiares (serviço de Personal Health disponível para todo o Brasil). Encontre o nutricionista mais próximo de você pesquisando em nossa Rede Credenciada de Nutricionistas.