Cuidados Nutricionais no Vitiligo

O Vitiligo é uma doença não contagiosa em que ocorre perda da pigmentação natural da pele causada pela redução no número ou função dos melanócitos, células localizadas na epiderme responsáveis pela produção do pigmento cutâneo (melanina). Sua etiologia ainda não é bem compreendida, embora o fator autoimune pareça ser importante. Estudos mostram que estresse físico, emocional, e ansiedade podem agravar a doença, que se manifesta na forma de manchas brancas de tamanhos variados no corpo.

Portadores de vitiligo devem ficar atentos quanto à alimentação. Sugere-se uma alimentação equilibrada e personalizada. Devem ser evitados os defumados, gorduras animais (de porco, torresmo), frituras e priorizados os vegetais, as fontes de ômega 3 e os probióticos. É importante o consumo de alimentos ricos em fenilalanina. Isto porque este aminoácido é precursor da melanina.

A fenilalanina é encontrada em fontes protéicas como ovos, carne de boi, nozes, feijão, frutos do mar, requeijão, leite desnatado e desidratado, amendoim, além de sementes como a de abóbora e de gergelim.

Atenção especial deve ser dada às fontes de vitamina A, responsável por manter saudáveis as camadas externas de tecidos epiteliais. Os alimentos fontes de vitamina A são óleo de fígado de peixe, vegetais verdes e amarelos, cenoura, ovo, leite, queijo, iogurtes, margarinas.

A Nutrício possui programas nutricionais específicos para o controle do vitiligo. Trabalhamos também com o planejamento de refeições e criação de cardápios familiares (serviço de Personal Health disponível para todo o Brasil).

Encontre o nutricionista mais próximo de você pesquisando em nossa Rede Credenciada de Nutricionistas.

Texto: Mariana Braga Neves (nutricionista) e Paula Silva Amora (nutricionista)