Propriedades Terapêuticas dos Alimentos Funcionais

Muitos alimentos podem ser ótimos aliados na conquista de uma vida mais saudável, pois possuem componentes capazes de prevenir doenças, amenizam sintomas ou afetam de modo benéfico funções orgânicas, além de suas características nutricionais.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), alimentos funcionais, ou nutracêuticos, são aqueles que produzem efeitos metabólicos ou fisiológicos através da atuação de um nutriente ou não nutriente no crescimento, desenvolvimento, manutenção e em outras funções normais do organismo humano.

De acordo com a ANVISA, o alimento ou ingrediente que alegar propriedades funcionais, além de atuar em funções nutricionais básicas, irá desencadear efeitos benéficos à saúde e deverá ser também seguro para o consumo sem supervisão médica.

Conheça alguns dos alimentos funcionais e seus respectivos benefícios:

  • Tomate: rico em licopeno ajuda na prevenção de câncer de próstata;
  • Soja: possui fitoestrógenos que além de oferecerem proteção contra o câncer de próstata ajudam a amenizar os sintomas da menopausa;
  • Nozes: é rica em nutrientes que protegem o organismo contra as doenças cardiovasculares e radicais livres. O seu consumo deve ser moderado por ser um alimento muito calórico;
  • Alho: contém alicina que está associada com a redução do colesterol e inibição da agregação plaquetária, o que previne doenças coronarianças;
  • Peixes (salmão, sardinha, arenque, cavala): são ricos em ácidos graxos essenciais, ômega-3 (W3), que reduzem o mau colesterol (LDL) e aumentam o bom colesterol (HDL), prevenindo as doenças cardiovasculares;
  • Alimentos integrais: são ricos em fibras que ajudam no funcionamento do intestino prevenindo assim o câncer de cólon e as hemorróidas. Estes alimentos são úteis no controle da obesidade já que proporcionam maior saciedade;
  • Castanha-do-Pará: possuem ácidos graxos poliinsaturados, ômega-6 (W6) e vitamina E, que protegem o coração e podem retardar o envelhecimento;
  • Linhaça: contém ômega-6 e lignana que ajudam no controle da constipação intestinal. Deve ser usada todos os dias (1 a 2 colheres de sopa) e é importante triturá-la bem próximo da hora de usar;
  • Uva e suco de uva: possuem flavonóides e resveratrol (também encontrado no vinho tinto) que são substâncias anticancerígenas, anticoagulante e ajudam também no controle do colesterol prevenindo assim doenças futuras no coração;
  • Azeite de oliva: é rico em ômega-9 (W9) e compostos fenólicos, que auxiliam na redução do LDL colesterol;
  • Açaí: possui antocianina, antioxidante, que ajuda na melhora da circulação sanguínea, afasta a ameaça do câncer além de reduzir os efeitos do Mal de Alzheimer;
  • Aveia: é rica em fibra solúvel, sendo um alimento indicado para quem sofre com a constipação intestinal. A dica é ingerir os alimentos ricos em fibra sempre acompanhados de líquidos.

O uso de alimentos funcionais é uma estratégia para aumentar a qualidade da alimentação, o que contribuirá para uma vida mais saudável.

Elaboração: Serviço de Nutrição da NUTRÍCIO Assessoria e Consultoria Nutricional
Nutricionistas: Mariana Braga Neves e Midiã Viana de Paula