O Amaranto

Esta aí um alimento que chegou para ficar. Também conhecido como feijão dos Andes, apresenta grande quantidade de proteínas. Estas por sua vez se destacam por sua qualidade, que é de alto valor biológico. Isto torna o amaranto uma ótima opção para atletas pois estimula a recuperação e ganho de massa magra. Também indicado para idosos, crianças em fase de crescimento.

A grande concentração de esqualeno em sua composição, substância somente encontrada em quantidades significativas nos óleos de fígado de animais marinhos, é uma característica singular do amaranto. Suas propriedades naturais incluem a ação antioxidante, no combate aos radicais livres, aumento da oxigenação do metabolismo e fortalecimento da membrana celular, auxiliando na melhora do sistema imunológico devido à proteção das células.

O amaranto é também indicado na nutrição preventiva, aquela que tem por objetivo evitar doenças e melhorar a qualidade de vida.

O Amaranto é fonte de vitaminas e minerais importantes como o Cálcio, Ferro, Fósforo, Potássio, Zinco e Vitaminas do Complexo B e Vitamina E. Não contém glúten e por isto pode ser usado na alimentação de portadores da doença celíaca.

Comercializado em flocos naturais - com forma e consistência similares às da aveia -, o amaranto pode ser consumido com frutas e iogurte no café da manhã, como ingrediente de pães, bolos e doces, além de ser incorporado em sopas, vitaminas, entre outras receitas de pratos doces e salgados.

Dicas de uma boa alimentação

  • O amaranto ajuda a abaixar colesterol ruim, LDL;
  • A melhor maneira de usá-lo é estourar o grão numa panela e moer a pipoquinha que surge, menor do que a de milho comum;
  • A farinha que resulta desse processo não tem gosto nenhum e pode ser usada em várias receitas, substituindo parte da farinha tradicional de trigo;
  • O amaranto é uma excelente fonte de fibras que ajuda a controlar a fome;
  • O grão de amaranto não contém glúten por isso é aconselhável para celíacos podendo ser misturado em feijões, sopas, bolos etc;
  • A versão em flocos pode ser consumida cozida, do mesmo jeito que o arroz, ou in natura misturado a saladas.

Veja algumas Receitas com Amaranto »