Dicas Para Quem Mora Sozinho se Alimentar de Forma Saudável

Escrito por Emanuelle Vieira* - Fonte: Portal IDMED

Morar sozinho pode ter o seu lado positivo, mas também pode ser um tormento, principalmente na hora das refeições. Seja por não saber cozinhar ou por preguiça, o freezer das pessoas que moram sozinhas costuma estar cheio de comidas congeladas, mas, segundo a nutricionista Emanuelle Vieira, elas não devem ser consumidas em excesso. Os congelados industrializados são alimentos pouco nutritivos, podem ser bastante calóricos e contêm uma grande quantidade de conservantes, gordura e sódio, além de não preservar os nutrientes que nosso corpo necessita uma grande quantidade de

Cozinhando em casa

conservantes, gordura e sódio, além de não preservar os nutrientes que nosso corpo necessita. Quando forem inevitáveis, a dica da nutricionista é escolher aqueles que possuam algum tipo de legumes ou verduras na sua preparação e é importante também verificar no rótulo das marcas quais delas apresentam menor quantidade de gordura e sódio.

A combinação ideal é consumir alimentos congelados junto com os alimentos frescos. "No caso, o prato principal pode ser congelado e acompanhado de uma salada bem diversificada ou por um suco preparado com duas ou até três frutas frescas. Isso irá aumentar o fornecimento de vitaminas que são perdidas durante os processos de congelamento e descongelamento", diz Emanuelle.

Uma dica da nutricionista é, ao preparar a refeição, seja ela feijão, sopas, carnes ou legumes, preparar um pouco a mais e congelar em pequenas porções. Caso não seja possível, peça ajuda a alguém próximo ou encomende os pratos com cozinheiras que vendem refeições para fora ou em um restaurante.

O maior dilema das pessoas que moram sozinhas é o desperdício e a preguiça. É difícil saber a quantidade certa de comida a ser feita e daí bate o desânimo. Listar os alimentos e prepará-los em pequenas porções ajuda a evitar desperdícios e estimula a pessoa a se alimentar corretamente. O ideal mesmo é programar o que irá comer nas refeições, elaborando cardápios semanais, observando o que já tem na despensa. Assim você aproveitará os alimentos que já tem e fará uma lista do que realmente é necessário comprar, evitando dessa forma possíveis desperdícios. "Evite aquelas guloseimas, como salgadinhos de pacote, bolachas recheadas, chocolates, petiscos, pois na hora da fome você não pensará duas vezes em optar por esses alimentos, em vez de preparar uma refeição saudável. Se você não os tiver em sua despensa, será mais fácil evitá-los", diz Emanuelle.

As frutas, verduras e legumes possuem tempo de vida muito curto, portanto devemos ter muita atenção na hora de armazená-los. Se guardados de maneira inadequada ou na fruteira, terão seu tempo de vida reduzido, além de atrair insetos como moscas e abelhas. O ideal é comprar em pequenas porções, portanto, programe-se para ir ao mercado pelo menos uma vez por semana. Para quem gosta de frutas frescas, uma opção é comprá-las embaladas nos supermercados. Elas vêm em pequenas porções, descascadas, picadas e prontas para o consumo.

A nutricionista dá mais algumas Dicas Para Quem Mora Sozinho se Alimentar de Forma Saudável »