Medicamentos e Alimentação

Vários alimentos, por sua constituição e composição química, podem produzir reações interativas, com prejuízo das atividades de alguns medicamentos. Esta situação obriga à restrição da ingestão conjunta de determinados nutrientes na alimentação.

Assim ao iniciar um tratamento medicamentoso, por mais simples que seja, é preciso levar em conta o horário de ingestão de determinados medicamentos (período de jejum e de pré e pós-refeição), pois certos nutrientes podem impedir, diminuir ou favorecer a capacidade terapêutica do medicamento.

Nem todo medicamento deve ser ingerido após a refeição, existem alguns que não seguem esta regra, veja a seguir:


  • ATENOLOL: é um medicamento muito utilizado para controlar a pressão alta que quando ingerido com suco diminui em 49% a sua eficácia, o recomendado é ingerir com água;
  • ALENDRONATO: a absorção é ótima quando tomado 2 horas antes da refeição e quando tomado com café ou suco diminui 60% a sua absorção;
  • CIPROFLOXACINA: é um antibiótico que não deve ser tomado com leite ou derivados, pois o cálcio diminui a sua absorção. Também não deve ser tomado após as grandes refeições (almoço e jantar), pois alguns minerais presentes (ferro, magnésio, zinco) diminuem a sua eficácia;
  • KEFLEX (cefuroxima): é um antibiótico que a sua absorção é significativamente maior quando administrada após uma refeição, ao invés de jejum;
  • TETRACICLINA: até 2 horas após a ingestão da droga, não consumir alimentos ricos em cálcio e ferro para não prejudicar a absorção do medicamento;
  • ANFERTIL; COMBIRON; SULFATO FERROSO: deve ser ingerido com água e não com leite, pois o cálcio prejudica a sua absorção;
  • ANTICONCEPICIONAL: não existe nenhum alimento que interfere na sua absorção, mas existe medicamentos como antibióticos e doses elevadas de suplemento de vitamina C acima de 1 grama) que interfere na sua absorção.

O aconselhável é tomar o medicamento com água para garantir sua capacidade terapêutica, e não com chá ou outras bebidas. Esclareça todas as suas dúvidas com o seu médico para que o seu tratamento tenha o resultado esperado.

Elaboração:
Luciana Rocha - Nutricionista
Mariana Braga Neves - Nutricionista clínica em Belo Horizonte
Melissa Pacheco - Nutricionista