2 Mitos e Verdades Sobre os Alimentos

Mitos e Verdades Sobre os Alimentos

Muita gente me pergunta se o ovo, se a margarina é melhor que a manteiga, se banana engorda e se comer carboidrato de noite e líquido na refeição aumentam a barriga. Na nutrição, muitas perguntas não têm respostas prontas, ou seja, a melhor opção é dizer que um alimento pode ou não ser indicado para você, dependendo das suas condições. Vamos, de forma geral, tirar estas dúvidas sobre os alimentos:

O ovo. A gema do ovo é riquíssima em colesterol. A clara é fonte de proteína. O alimento contêm um mix de vitaminas e minerais e não é muito calórico, desde que preparado de forma cozida, por exemplo. Assim, acreditem, o ovo é saudável! Por mais incrível que pareça, nosso organismo precisa de colesterol para uma série de funções e apenas um terço deste colesterol, tem origem na dieta. Porém, em excesso, já sabemos o que acontece: abrimos espaços para as doenças cardiovasculares. Pesquisas e mais pesquisas estudaram esta relação entre o ovo e o colesterol. A mais recente foi incisiva: o ovo não aumenta o colesterol. Bom, sou da opinião de que consumir o ovo todo dia não é a melhor opção, nem para o maior admirador do alimento. Continuo acreditando que a melhor conduta é a moderação, ou seja, não há motivo para você deixar de saborear o seu ovo. Porém, alterne o consumo com outros alimentos protéicos como as carnes magras.

Margarina X Manteiga. Há algum tempo, poucas margarinas podiam ser consideradas saudáveis. Isto porque a maioria era rica na gordura trans que, além de aumentar o colesterol ruim, abaixo o HDL, o bom colesterol. Já a manteiga, rica em gordura saturada, aumenta o colesterol ruim, o LDL. Porém, atualmente, muitas margarinas não contêm mais esta vilã, a gordura trans. Esta informação está no rótulo. Portanto, para quem faz um controle do colesterol considero a margarina de "hoje" a melhor opção (algumas contêm até substâncias que podem ajudar a diminuir o colesterol). Já para quem não tem que se preocupar excessivamente com o colesterol, pequenas quantidade de manteiga, no pão da manhã por exemplo, não trarão prejuízo à saúde.

Banana engorda? Este realmente é um mito! A "pobre" banana é rica em muitos nutrientes, mas definitivamente, não será a culpada por quilinho a mais na balança. O valor calórico de uma banana média é semelhante ao de uma maçã, ou seja, nada capaz de prejudicar a boa forma.

Comer carboidrato de noite engorda? Está aí uma pergunta que só é possível responder, se soubermos a rotina da pessoa. No nosso organismo, o nosso maior estoque de energia está na forma de gordura. Se uma pessoa, no período da noite, fica em casa, se movimenta pouco e consome quantidades exageradas de massas, pães, arroz, certamente o organismo, que está em um período de menos necessidade de energia, estocará o que sobrar na forma de gordura. Porém, a pessoa que trabalha de noite, por exemplo, faz uma caminhada, realiza uma atividade física, pode e deve comer carboidratos pois o organismo precisa deste nutrientes. Para estas, não há a preocupação. Porém, a moderação também é necessária.

Água nas refeições. almoço e jantar normalmente são refeições que contêm fibras vindas, por exemplo, dos vegetais. As fibras dependem da água para exercerem suas funções. A água não contém calorias, ou seja, não será capaz de fazer ninguém engordar. Porém, na presença de outros alimentos, como nas grandes refeições, o excesso de líquido pode distender o estômago, dando uma sensação de volume na região abdominal. Além disto, se você sente sede durante a refeição é por não se hidratou adequadamente ao longo do dia. A água também diluí certos líquidos presentes no estômago e importantes na digestão. Assim, se você tem o hábito de usar o líquido na refeição e não tem nenhum problema de saúde que te impeça de usá-lo, a sugestão é optar por sucos cítricos e limitar-se a um copo pequeno.

Se você tem alguma dúvida sobre os alimentos, pesquise, procure se informar. De repente você pode estar perdendo o prazer de saborear o seu alimento preferido, sem necessidade!

Texto: Mariana Braga Neves - Nutricionista