Obesidade Infantil ou na Adolescência: O Que Fazer?

Uma despensa saudável e uma geladeira cheia de alimentos nutritivos é importante para toda a família. “Não adianta querer que a criança coma fruta enquanto os pais comem salgadinhos e doces. Fica impossível para a criança controlar”, afirma a nutricionista que é taxativa quando diz que os alimentos tentadores e pouco saudáveis devem ficar de fora da cozinha pelo menos de segunda a sexta.

Questionada sobre a necessidade de uma dieta ainda na infância, a nutricionista Mariana Braga Neves afirma que é a favor. “A orientação alimentar e a dieta personalizada são fundamentais para a criança que apresenta excesso de peso. Não é nenhuma covardia não. É um bem que os pais estão fazendo aos filhos”. Ela afirma que se engana quem pensa que a dieta para crianças é restritiva e que muitos alimentos são proibidos. “Na reeducação alimentar infantil, as crianças aprendem a comer bem. Elas percebem que até podem usar seus alimentos preferidos como biscoitos, sorvetes, bolos, porém que devem fazê-los nos finais de semana, com moderação. Aprendem também que existem muitas formas de comer alimentos gostosos e ao menos tempo saudáveis”. Para estimular esta prática, as nutricionista da Nutrício usam técnicas próprias como jogos, brincadeiras, estimulando a criança a ter responsabilidades sobre a sua alimentação e fazendo mudanças nos hábitos alimentares de forma continua e gradual.

Sobre a máxima “A criança gordinha de hoje é o adulto obeso de amanhã”, a nutricionista Mariana comenta “existe todo um conteúdo científico por trás desta afirmação. Durante a infância as células de gordura aumentam de número. Se a criança tiver uma formação excessiva destas células poderá ter dificuldades para controlar o peso para o resto da vida”.

A Nutrício possui programas nutricionais específicos para crianças e adolescentes. Trabalhamos também com o planejamento de refeições e criação de cardápios familiares (serviço de Personal Health disponível para todo o Brasil).

Encontre o nutricionista mais próximo de você pesquisando em nossa Rede Credenciada de Nutricionistas.

Voltar para a primeira parte da matéria Obesidade Infantil e na Adolescência: O Que Fazer? »

Consulte também a matéria Sete Passos Para Que Seu Filho Não Seja Um Obeso No Futuro »